Lisboa já tem uma carta solar e está à espera de projetos

Fotovoltaica  “Lisboa é a capital europeia com mais sol por ano e não está a produzir energia solar”, afirmou o vereador da Câmara Municipal de Lisboa, com o pelouro da Estrutura Verde e Energia, José Sá Fernandes, para logo acrescentar que “temos de fazer muito mais”. Um passo nesse sentido foi a realização de uma carta solar da cidade, que identifica os edifícios com maior potencial solar, disponível para projetos neste domínio.
Outras prioridades identificadas por aquele responsável autárquico são ao nível da água termal, ainda muito pouco explorada no país, e do armazenamento das energias limpas, quando não estão a ser utilizadas. Depois de se referir às metas alcançadas por Lisboa ao nível da qualidade do ar, José Sá Fernandes defendeu uma visão holística em rede para uma Lisboa mais “inteligente”, desde os transportes à energia, apelando às empresas e entidades para se juntarem para os concursos que a autarquia vai lançar nestes domínios. A cidade integra, com Londres e Milão, uma experiência top para pensar o futuro das cidades, disse o vereador.